quarta-feira, 16 de agosto de 2017

Review: Game of Thrones 7x05 (A cabeça do Dragão)

Escrito por: Gabriella Pires






Jaime é salvo por Bronn que o tira do rio em segurança após o ataque de Daenerys contra as tropas Lannister, indo para Porto Real para relatar o ocorrido para a Rainha Cersei. No campo de batalha Daenerys oferece piedade aos que se curvarem a ela e morte aos que se recusarem, Randyll e Dickon Tarly negam-se a atender o pedido da Rainha Dragão e são queimados vivos mesmo com os protestos de Tyrion.






Em sua chegada a pedra do Dragão, Daenerys e Drogon encontram Jon Snow, a fera se aproxima do Rei do Norte, porém, curiosamente, Jon pode fazer carinho no dragão. Logo em seguida, Dany reencontra Jorah Mormont, agora curado, e o abraça emocionadamente.


Tyrion e Davos são enviados clandestinamente para Porto Real para tentar convencer Cersei a acreditar na existência e ameaça dos caminhantes brancos, Tyrion encontra seu irmão Jaime, graças a um plano de Bronn, e alerta o perigo ao irmão. Enquanto isso, Davos vai à procura de Gendry, filho bastardo do Rei Robert, e pede que ele se junte ao Rei do Norte, Gendry aceita e ele, Davos e Tyrion voltam para Pedra do Dragão.


Jon encontra-se com Gendry e aceita seus serviços. Após uma discussão, é realizada uma expedição com Jon, Gendry, Jorah e Davos para o Norte em busca de uma prova para mostrar a Cersei da veracidade da existência dos caminhantes brancos.


Sam desiste de seu sonho de ser tornar Meistre e deixa a Cidadela com livros em que pode achar algo que ajude na luta que acontecerá no Norte, ele parte junto com Gilly, que havia revelado uma certa anulação de casamento antes de partirem.




Em Winterfell, Arya segue os passos de Petry Baelish o que faz com que ela encontre dentro de seu quarto uma carta em que Sansa assume que seu pai, Ned Stark, era um traidor, sendo tudo armado por Baelish para causar controvérsia entre as irmãs Stark.





No Norte, Jon junta-se com Tormund e os recém cativos: o Cão de caça, Beric Dondarrion e o sacerdote Thoros de Myr, juntos a companhia parte para além da muralha em busca de caminhantes brancos sem saber o que encontraram pela frente.


segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Review: Game of Thrones 7x04 (Os Espólios da Guerra)

Escrito por: Gabriella Pires 



Depois de inúmeras derrotas Daenerys Targaryen decide usar o seu título de Mae de Dragões para enfrentar os sus inimigos.


Após derrotar o exército Tyrell em Jardim de Cima, o exército Lannister está a caminho de Porto Real levando os espólios de guerra até Cersei para o pago da dívida com o Banco de Ferro de Bravos.


Em Winterfell, Mindinho entrega a adaga que quase matou Brandon Stark a ele não revelando suas reais intenções, Arya finalmente retorna para Winterfell onde reencontra sua irmã Sansa e Bran. Brienne luta com Arya e fica surpresa com a habilidade da recém chegada.




Em Pedra do Dragão, Jon mostra para Daenerys as minas que contem vidro de dragão mostrando a ela desenhos antigos dos primeiros homens aliados aos Filhos da Floresta lutando contra os caminhantes brancos, o que faz com que Daenerys decida lutar junto com Jon Snow desde que ele sirva a ela abandonando o título de Rei do Norte. Daenerys fica sabendo da perda de seus aliados durante o confronto com os Lannisters, o que leva a Mãe de Dragões a partir com os Dothraki para a luta mais épica dessa temporada até o momento.


A sequência a seguir foi a mais emocionante do episódio, mostrando Daenerys voando montada em Drogon queimando o exército Lannister. A única esperança para eles é a mira de Bronn em acertar o dragão com uma lança especial feita para penetrar o duro couro do animal. Bronn tem sucesso em sua tentativa mas boa parte do exército Lannister já foi reduzido a pó, enquanto Daenerys tenta ajudar o seu dragão em terra firme Jaime Lannister em uma última tentativa, parte para ima da rainha porém o dragão com seu instinto de defesa lança uma labareda de fogo em direção ao comandante da guarda real que é salvo por Bronn sendo jogado em um rio dando fim ao episódio mais eletrizante dessa temporada.

Deixe aqui nos comentários o que achou desse episódio!

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

How I Met Your Mother - Crítica e Curiosidades


Conhecido pelo seu humor, How I Met Your Mother se tornou um grande sucesso entre 2005 e 2014. A série conta a história de Ted Mosby e dos seus amigos. Após 25 anos que Ted conheceu a mãe de seus filhos, ele volta ao passado pra contar aos seus filhos a maneira que conheceu a sua esposa. A série sempre recebeu boas críticas e também ganhou muitos prêmios como: 7 Emmy Awards de 24 nomeações, incluindo a nomeação para o prêmio “Melhores séries de comédia” em 2009 e o prêmio de “Seriado de Comédia Preferido pelo Público” em 2012.


Em 2005, aos 27 anos, Ted Mosby (Josh Radnor), após o seu melhor amigo, Marshall Eriksen (Jason Segel), ficar noivo, decide finalmente ir em busca da sua cara-metade. Com gestos românticos questionáveis, Ted conhece Robin Scherbatsky (Cobie Smulders), no bar que costumavam frequentar, Maclaren's Pub. Após uma série de eventos Robin passa a pertencer ao grupo de amigos de Ted: Barney (Neil Patrick Harris), Marshall (Jason Segel), e sua noiva, Lily (Alyson Hannigan), que namoram desde o primeiro ano da faculdade.



A ideia de How I Met Your Mother foi inspirada em Carter Bays e Craig Thomas, eles classificam como: "Foi uma ideia para escrever sobre os nossos amigos e as coisas estúpidas que fizemos em Nova York". Eles já haviam trabalhado como produtores. Os dois levaram em conta sua amizade na criação dos personagens. Ted baseado em Carter Bays, e Marshall e Lily são baseados em Craig Thomas e sua esposa. A Rebecca,esposa de Thomas, foi contra em ter um personagem baseado nela, mas aceitou caso tivesse Alyson Hannigan para interpretá-la. Josh Radnor e Jason Segel, que atuam como Ted e Marshall respectivamente, eram desconhecidos. O papel de Barney foi inspirado em "John Belushi". Neil Patrick Harris ganhou o papel depois de ter sido convidado para uma audição da série